2013-12-11

Doce de Tomate-cereja

Olá a todos, como estão? Todos vocês já sabem que eu sou do tipo professor. O tomate-cereja para mim é superalimento, enquanto o tomate normal tem ponto. Ora, eu gosto imenso de doce de tomate, logo ... precisei de econtrar um doce de tomate-cereja.


Pesquisei um pouco, e encontrei esta receita, que me pareceu ótima. Então ... mãos à massa!

Ingredientes:
  • 800gr de tomate cereja, bem maduros;
  • 400gr de açúcar (eu coloquei 350 de açúcar amarelo);
  • 1 casca de limão;
  • 1 colher de sopa de vinho do porto.
Lavar bem os tomates cereja, retirar-lhes apenas o pé e cortá-los em quartos. Colocar num tacho, juntamente com o açúcar e envolver bem. Deixar macerar durante cerca de 1 hora. Juntar a casca de limão e levar novamente ao lume, mexendo ocasionalmente até levantar fervura. Reduzir depois a temperatura e deixar cozinhar suavemente até que o doce tenha atingido a consistência desejada (como saber? Muito fácil - colocar um pouco do doce num prato raso: com uma colher traçar um sulco; se esse sulco se mantiver, ou seja, se ficar uma "estrada" no doce, está obtido o ponto), o que deve acontecer em cerca de 30 a 40 minutos. Retirar do lume e juntar o vinho do porto. Levar a ferver por mais 2 minutos e apagar o lume. Colocar o doce, ainda quente, em frasquinhos previamente esterilizados.

Relação com os tipos genéticos:

Caçador Coletor Professor Explorador Guerreiro Nómada
Tomate-cereja Ponto neutro super ponto ponto toxina

Fica uma delícia! Tem sido o meu momento doce do dia, junto com uma fatia de queijo brie! Bom apetite. :)